Menu

28 fevereiro 2012

E o Oscar 2012 foi para...

Demorei, meu povo, mas dei o ar da graça por aqui pra soltar os meus siricuticos sobre o tão aclamado prêmio da dramaturgia mundial. Of course, porque eu sou podre de chique, e não ia de jeito nenhum deixar um evento épico como esse passar.


Simbora soltar o veneno? É nóis!



 

As celebs esse ano decidiram dar um banho de extrema elegância e simplicidade e não abusaram da extravagância nem dos tons carregados. Muito branco, preto, nude e vermelho. Só. Uma ou outra corzinha perdida ali já chamava a atenção. A Sandra Bullock foi uma que foi toda divônica e arrasou nesse justinho preto com branco estilo sereia. Amei, fofa!


Outra que surgiu de branco e fez um sucesso tremendo foi a Shailene Woodley (amo!). Vá lá que essas mangonas enormes lhe deixavam com carinha de senhora, mas ela é tão fofa, linda e meiga que estava totalmente deslumbrante. E ela disse que esse é o estilo dela, que se sente bem assim e a gente calado ainda tá errado!


A bafônica ao cubo Emma Stone surgiu com essa pérola vermelha que ofuscou os olhos de todo mundo. Mas é que a peste é bonita, é triste de tão bonita. Achei o vestidão um escândalo, mas tiraria no ato esse lação ali no pescoço. Que negócio tosco, credo!


Eu tomei um baita susto quando vi essa cidadã aí. Meu Deus, jura que isso é a Anna Faris???? O que ela fez no cabelo??? Surtou de vez?? Ela tá very, very estranha. O vestido tá loosho, mas ela tá... Estranha.


Kelly Osbourne tinha tudo pra ficar bonitinha. Até porque ela era uma das apresentadoras do E! no Red Carpet, mas... Fia, que cabelo é esse, pelamor? E esse vestido sem essas mangas sebosas até que ficariam bem em você. Mas noooon, você tem que acanalhar sempre, né? Para de fazer cara de enjoada e vai se vestir feito gente!



A Gwyneth Paltrow causou aparecendo com essa capa sobre o vestido branco. Ela tá sempre nessa linha "sou rica e poderosa e não tô nem aí", mas até que o vestido é bonito. Simples, limpo e luxuoso. Mas juro que não gostei dessa capa. Sei lá, parece até que ela saiu de uma nave de Star Wars direto para o tapetinho encarnado. Opiniões a parte, a dona rica linda e altamente diva Penélope Cruz tava por lá também e parece que é uma promessa: essa sujeita nunca, never, jamé se veste mal! Gizuisss, como pode? Ela é linda ao extremo e sempre dá um jeitinho de botar roupinha simples e ficar um escândalo. Sou tua fã, nega! Outra que exibiu as ruguinhas por lá foi a Cameron Diaz, em um vestido muito bonito por sinal, mas que parecia estar um número menor que o tamanho dela... Apertava em tudo quanto era canto.


A Kristen Wiig do filme comédia de todos os tempos Operação Madrinha de Casamento se jogou num nude básico e bem vaporoso. Bem que tá na moda esses cortes assanhadinhos e desfiados das saias... Ainda não decidi se gosto. Muita gente criticou porque ela estava de cabelo solto. Qual o problema, meu povo? Ela tá rica e linda de todo jeito!


Melissa MacCarthy que também contracena no mesmo filme, gerou polêmica com esse vestido cheio de variações no busto. O povo não entende que é meio complexo encontrar roupa chique e diva pra gordinhas que não as deixem parecendo senhoras de 99 anos (nada contra as senhorinhas...). Só não gostei dessa corzinha sem graça, apagada e lambida... E a Mel (olha a intimidade, há!) é tão bacaninha e divertida que o vestido é a última coisa que eu reparo.


Ah, mas tinha coisinha bem colorida na área do The Oscars goes to... Brasileiro! E que como sempre, sabe como acanalhar tudo! Êba! Carlinhos Brown, Sergio Mendes e Carlos Saldanha estavam concorrendo a melhor Canção Original em Animação pelo filme lindinho Rio e INFELIZMENTE (por puro preconceito, claro!) perderam para o ÚNICO concorrente deles, uma músiquinha tosca e sem graça dos Muppets. Todo mundo percebeu que foi a maior injustiça. Mas don't worry, manos, a gente sabe que vocês mereciam muito mais.


Falando em coisas ridículas de Oscar, vocês viram a 'sem-noçãozice' do Sacha Baron Cohen derramando uma suposta cinza de cadáver em cima do Ryan, repórter do E!? O sujeito foi vestido de O Ditador, com duas travecas do lado e ficou posando de comediante. Além de jogar o pozinho em cima do smoking do apresentador, ainda ficou bancando o ofendido. Foi expulso do Red Carpet, toma!

Mas nem só de bagaça vive um Oscar! Thanks, God! Tinha muita gente bacanérrima por lá também...


A fofa da Natalie Portman surgiu num vermelhão de poá liiiiiiindo! Ela é tão pequena, mas é tão diva, tão podre de chique que dá vontade até de apertar as bochechas! E tinha que ir no grau, né, afinal ia entregar o prêmio de Melhor Ator. Linda =D


Por falar em Melhor Ator, George Clooney chegou muito bem acompanhado de sua simpática namorada e foi gentil com todos os repórteres. Esse homem é o desejo de consumo de 11 a cada 10 mulheres. Como ele consegue envelhecer e ficar cada dia mais lindo e charmoso? Pode isso, Arnaldo???


Outro que concorreu na mesma catiguria, foi o coisa espetacular, Jean Dujardin, e que por fim, acabou por abocanhar o homenzinho dourado! Essas sobrancelhas dele são óoooteemas! =D


Brangelina causando como sempre. Brad sendo lindo de morrer e frustrando todo mundo (e a si próprio) por concorrer sempre a uma reca de prêmio e nunca ganhar. Igual ao Leonardo DiCaprio - até lançaram uma campanha por aí dizendo "Deem um Oscar ao Leonardo DiCaprio, só por todos os prêmios que ele já concorreu, só por ele ser o Leornado DiCaprio". E ele merece mesmo, ora carambolas!
E Angie mostrando que precisa de umas graminhas a mais pra parecer saudável. Ela é diva, podre de rica e pode usar qualquer coisa que é sempre motivo de elogios, mas venhamos e convenhamos, né colega, eu aqui cheia das massinhas e você aí só na base do couro e osso. Não dá, assim não dá...



As divas de Melhor Atriz chegaram quase juntas e arrasaram em seus looks. A força exuberante de Viola Davis que deixou a peruquete de lado e arrasou nesse verde incrível, a meiguice terna demais de Michelle Williams nesse vermelho tão bem estruturado, e toda a experiência e elegância extrema da lady do cinema, Meryl Streep nesse dourado reluzente.


A Berenice Bejo, candidata a a Melhor Atriz Coadjuvante, foi um dos looks mais lindos e encantadores da noite, em seu longo verde-hortelã que a deixava alta, linda e magra. Ela tem toda uma cara de diva francesa à la Edith Piaf, né não?



O branco tomou conta da festa, e muitas atrizes se esbanjaram nele. A Milla Jovovich, que chegou fazendo uma carinha de cólica e biquinho falso que eu nem tava mais suportando... A Rooney Mara que parece ser muito estranha e tal, mas é uma fofa de tão simpática e agradável. Só não gosto dessa franjinha tosca dela. Prende isso com grampo, meu bem! E é tão linda (a maquiagem dela tava um arraso!) que só colocou o sapatos e o vestido, não tinha nem um anelzinho de enfeite, nada! E por fim, outro vestido que pra mim foi estupendo, foi o da Giulliana, apresentadora do E! que estava cobrindo o evento. Ela foi mais bem vestida que muita candidata aí, tá sabendo???


J.Lo depois de sua infame passagem pelo Carnaval do Rio desfilou toda sua abundância nesse justíssimo branco brilhoso. Cá entre nós, não achei que era vestido pra Oscar não. Ela precisa aprender que a vida não é bancar a madame sensual o tempo todo =/

E agora, in my modesta opinion, a mais bem vestida da noite, o look que causou frisson em todos os comentaristas de Red Carpet: lindíssima Jessica Chastain, concorrente a Melhor Atriz Coadjuvante.


Minha gente, que vestifo bafo é esse?!!!!! É lindo infinitamente! Perfeito! E caiu na medida pra o tom de pele dela, fazendo conjunto com esse cabelo nada lustroso que ela tem! Super Alexander MacQueen que criou essa obra de arte! Tão lindo, que merece mais fotos, hehehe...


E agora, vamos ao show, né? Já tá na hora!

Primeiro, teve muita cena bacaninha, muita coisinha clichê e no mais, quem viu sabe que foi a mesma monotonia de sempre. Porém, onde há celebridade, há tosqueira em níveis elevados:


O que foi aquilo da J.Lo e da Cameron Diaz mostrando as buzanfas antes de apresentar o prêmio? Deu tilte no sistema nervoso central da inteligência, God? Ou elas estavam comparando a diferença exorbitante de tamanhos. Pontos pra você eternamente, dona Jennifer!


E quem não riu e chorou ao mesmo tempo com o discurso sem nada de sentido da Octavia Spencer, que levou o de Melhor Atriz Coadjuvante? Ela tava tão impressionada que nem sabia o que dizer, a bichinha...
Merecido também foi o de ator, nessa mesma categoria, para o Michael Plummer, que depois de séculos, depois de ter feito A Noviça Rebelde, ainda não tinha ganhado um único Oscar. Palmas para o cidadão!


Outro merecidíssimo foi o de Melhor Ator (ainda love you Brad & George), para aquele sujeitinho francês com cara de canastrão e que me dá siricuticos quando vejo!!!! Jean, fofis, que acha de comemorar a vitória aqui na minha humilde residência??? 

 

Titia Meryl deixou Dona Viola triste e garantiu seu terceiro oscarzinho, por A Dama de Ferro (dizem que o filme só tem de bom mesmo a Meryl), mas ela é tão diva que ninguém fica com raiva.

 

Povo bonito, né não???


E por fim, Melhor Direção e Melhor Filme foi para O Artista, que mesmo sem fala, sem cor, sem 3D, sem ser sucesso de bilheteria, sem ser americano, sem naaaaada, conseguiu encantar tanta gente (principalmente a trupe da Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood) e levar os prêmios Tops da noite junto com A Invenção de Hugo Cabret. Isso é que é ser realeza. Tô doida pra ver o filme e as carinhas divertidas do Jean Dujardin.


E pra terminar com chave de ouro, ou melhor, com Homem de Ouro... O último Oscar vai para MIM, que fiquei até quase duas da manhã acompanhando aquele evento super mal transmitido pela Globo, suportando a péssima tradução siumultânea do Red Carpet no E! e fazendo esse post enorme, e ainda tendo a coragem de preparar mais. Eu mereço! Obrigada a Papai do Céu, minha família, meus amigos, a internet que não caiu e ao Blogger que não me boicotou. Dedico a todos os meus fãs do Baguncinhas, há!


Imagens: Tumblr e Getty Images.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...