Menu

12 junho 2012

SiNg AlOnG Especial Dia dos Namorados: Quand on n'a que l'amour

Como hoje é esse dia fofinho, meiguinho, cheio de dengos e cute-cutes, eu quis fazer um post bem romântico pra todo mundo (os namorados e os "forever-alones") curtirem com um sorrisinho bobo no rosto.

Só que eu sou meio lenta pra pensar em algo bacana, principalmente de última hora. Pois é, hoje é o Valentine's Day Brasileiro e estou aqui a essa hora, namorando com a internet, com o Baguncinhas e tal... Ô vida!

Assim, como eu estava numa vibe música francesa essa semana por conta de um certo cantor muito do estiloso (que eu conto pra vocês depois!), decidi trazer uma musiquinha bonetxenha pra todo mundo poder roer feliz. Êba!!!

Quand on n'a qu l'amour é a canção tema do segundo álbum do ultra-power cantor de sucesso Jacques Brel e foi lançada em 1957 (minha mãe nem tinha nascido ainda!). A bonita fez tanto sucesso que foi regravada por inúmeros artistas de peso e interpretada por muita gente bacana também. Eu a conheci depois do filme Eu, Vocês, Os Outros (Tói, Mói, Les Autres) que eu já falei aqui anteriormente.

Ela fala sobre a vida e como o amor é importante. Sobre como levaríamos as coisas se só houvesse o amor. E além de uma melodia linda, a letra e completamente encantadora e belíssima. Por isso, eu trouxe quatro versões apaixonantes dela para vocês conferirem e acompanharem junto com a letra. Como é em francês, fiz um trabalhinho descente e trouxe a tradução também. Espero que gostem.


#Versão 1: Jacques Brel



#Versão 2: Lara Fabian



#Versão 3: Gregory Lemarchal



#Versão 4: Eu, Você, Os Outros (Benjamin Siksou e Leïla Bekhti)




Quand on n'a que l'amour
Jacques Brel


Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
À s'offrir en partage
Para compartilhar
Au jour du grand voyage
No dia dessa viagem
Qu'est notre grand amour
Que é o nosso grande amor Quand on n'a que l'amour,
Quando só se tem o amor
Mon amour toi et moi
Meu amor, você e eu
Pour qu'éclatent de joie,
Para explodir de alegria
Chaque heure et chaque jour.
A cada hora e a cada dia
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
Pour vivre nos promesses
Para viver nossas promessas
Sans nulle autre richesse
Sem nenhuma outra riqueza
Que d'y croire toujours
A não ser de acreditar nelas
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
Pour meubler de merveilles
Para enfeitar com maravilhas
Et couvrir de soleil
E cobrir com sol
La laideur des faubourgs
A feiura da miséria
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
Pour unique raison
Como única razão
Pour unique chanson
Como única canção
Et unique secours
E único socorro

Quand on n'a que 'amour
Quando só se tem o amor
Pour habiller le matin
Para vestir ao amanhecer
Pauvres et malandrins
Pobres e bandidos
De manteaux de velours
Com casacos de veludo
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
À offrir en prière
Para oferecer em oração
Pour les maux de la terre,
A favor dos males desta terra
En simple troubadour
Como um simples trovador
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
À offrir à ceux-là
Para oferecer àqueles
Dont l'unique combat
Cuja única luta
Est de chercher le jour
É buscar o dia
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
Pour tracer un chemin
Para traçar um caminho
Et forcer le destin
E ajudar o destino
À chaque carrefour
Cada vez que cruzamos com ele
Quand on n'a que l'amour
Quando só se tem o amor
Pour parler aux canons
Para falar aos canhões
Et rien qu'une chanson
E apenas uma canção
Pour convaincre un tambour
Para convecer os tambores
 
Alors, sans avoir rien
Então, quando não tivermos mais nada
Que la force d'aimer,
A não ser a força do amor
Nous aurons dans nos mains,
Teremos na palma de nossas mãos
Amis, le monde entier
Meu amigo, o mundo inteiro


Sing Along em climinha de romance... Awnnn...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...