Menu

29 julho 2012

O caro preço da fama...



Tomando por base o escândalo que está correndo o mundo essa semana, sobre a tal da traição da Kristen Stewart, essa bagunceira aqui, como humilde fã, decidiu deixar seus singelos comentários...

Antes de tudo, eu queria deixar essa simples frase em aberto: O preço da fama, que todo sabemos ser bem caro, vale mesmo à pena ser pago?


Hoje em dia a mídia é mais importante na vida de um artista do que a sua própria carreira profissional. O que os tablóides publicam, o que a imprensa questiona pode facilmente virar motivo de discussão mundial, mais até do que a publicação de livros, que certamente fazem mais bem pra cultura de um povo do que essas bobeiras Hollywoodianas. E esse tipo de coisa me faz perguntar porque nós, pessoas comuns e com algum senso de moral, damos tanto valor para fofocas, notícias irrelevantes e mesmices que são publicadas nessas revistas. Queremos de algum modo comparar as nossas vidas com as desses artistas? Queremos nos igualar a eles na vida glamourosa e cheia de regalias? Sermos objeto de desejo e perseguidos por flashes a cada passo que damos?


O caso comentado em questão, pra quem ainda conseguiu estar por fora, são fotos que foram divulgadas essa semana na revista US Weekley onde a estrela da série Crepúsculo está de amassos com o diretor do seu outro filme, Branca de Neve e O Caçador, traindo assim, seu suposto namorado até então, Robert Pattinson.


Como fã, claro que ainda tenho minhas dúvidas a respeito da história, até porque faz tão pouco sentido que por isso está sendo tão chocante e escandaloso. Primeiramente, Kristen e Robert nunca assumiram o namoro publicamente, então seria questionável essa traição. Alguns sites chegaram a dizer que as fotos eram montagens e que tudo isso era um modo de conturbar a vida da estrela. Mas diante das imagens que eu vi, é difícil crer que haja uma montagem por ali. São 50 fotos e à luz do dia.


Outra dúvida é quanto a coerência do fato. Me pergunto porque, uma artista às vésperas da estréia do seu novo filme, Amanhecer - Parte II, cuja  o mundo inteiro está aguardando o desfecho desta saga que abalou uma geração, cometeria de forma tão imprudente e ridícula, um deslize como esse. Leve-se em consideração aí que o tal diretor, Rupert Sanders, tem 41 anos, é casado e pai de dois filhos. Bem, sim, as pessoas podem cometer erros, mas um erro desses afeta diretamente no andamento da carreira de todos os envolvidos, é fato. Além do mais, se você, caro leitor, observar as fotos, pode perceber que em determinados momentos ambos olham diretamente para a câmera. Assim... É algo como: "Estamos traindo descaradamente nossos parceiros, ok? Então vamos simplemente continuar por aqui nos beijando feito loucos." Como eu disse, essa coisa toda é estranha, incoerente.


Mas aí você pode estar dizendo: Poxa, Janne, você é fã, vai sempre querer defender a garota! E eu concordo com você, porque é justamente essa a função do fã. Por acreditar que conhece bem o seu objeto de admiração, o fã subtrai as falhas e defeitos da vida do artista, e mesmo que não concorde com suas atitudes, ainda assim continuará fã. Veja o caso da Britney Spears, por exemplo, que mesmo passando por um período muito, mas muito vida loka, ainda arrasta multidões por onde quer que passa. Neste caso, as minha dúvidas são as que menos importam agora, e essa história toda sendo verdade ou não, mesmo com as supostas desculpas públicas que ambos os 'infratores' apresentaram, não muda em todo o sentimento dos fãs. Na minha opinião, o respeito é perdido, ficamos decepcionados e de forma alguma, concordamos com atitude tão desprovida de moral, mas a admiração não vai embora completamente.


E é com isso que aquela pergunta que deixei em aberto lá em cima se fortalece. Com todo esse escândalo, todo meio de comunicação divulgando mais e mais notas, meio mundo comentando o fato... Será que esse árduo e dolorido preço por ser famoso vale à pena ser pago? Certamente, se fosse apenas uma traição de uma pessoa comum, desconhecida, ninguém sequer saberia, e com certeza absoluta, não haveria nenhum pedido de desculpas publicado na People. Mas ainda assim, será que a mídia tem direito de interferir tão bruscamente na intimidade dos artistas, promovendo esse tipo de constrangimento, envolvendo mais e mais pessoas e muitas vezes, criando histórias que sequer existem? Será que o artista como ser humano que é não tem direito a sua privacidade, a acertar e cometer os erros que bem entender? Por que antes de ser uma estrela que cruza o tapete vermelho com vestido de grife e ganha milhões por mês, todos são pessoas, têm sentimentos, tem necessidades, e podem acreditar, são cheios de defeitos. Assim, essa exposição tão ferrenha da vida privada deles, não é algo a ser reavaliado? É certo que o público gosta dessa exposição, curte saber todos os detalhes da vida do seu ídolo e tudo mais, só que... Até que ponto isso é considerado saudável?


Eu particularmente tenho certo pavor dessa vida regada de glamour e facilidades. A tendência é as pessoas se tornarem seres vazios, mesquinhos, esbanjando futilidade e preconceito. Claro, não é uma regra. E de certa forma, a mídia contribui e muito para essa coisa ganhar uma dimensão gigantesca. Penso, contudo, que as pessoas deviam procurar ter uma outra visão de mundo e parar de se preocupar com notícias como essa, que não traz mudança nenhuma na nossa rotina. Só fico com pena, do Robert Pattinson, tadinho, que ao que tudo indica agora está solteirinho da silva...

Solteiro??


Quanto a Kristen, sinceramente não sei sequer mais o que pensar sobre ela. Continuo a admirando como um artista rebelde, que não se resigna tão facilmente às regras impostas por Hollywood, pela escolha de seus trabalhos e pela forma que tem de conduzir sua carreira, sempre em constante crescimento e aprendizado. Mas é só. Admirar um artista como pessoa não é uma tarefa fácil, até porque não o conhecemos o suficiente para isso.

No mais, acho que já escrevi muito, perdi muito do meu tempo discursando sobre isso e tenho coisas muito mais importantes nas quais pensar.

Putz, eu aqui falando da vida alheia e as universidades federais ainda em greve... Queremos aula, Dona Presidenta!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...