Menu

01 julho 2013

Êh tempinho ligeiro!

Ando meio preocupada com esses diazinhos que andam correndo apressados feito pulos de coelho.
Ando bem preocupada, na verdade, porque tipo... Olho pra trás e penso: o que diabos eu fiz esse ano?! E depois olho pra frente e penso: Inferno, eu só tenho seis meses pra cumprir as metas estabelecidas, o quê que eu faço?!!!

É meio que um surto de ansiedade, eu sei. Mas o ano tá passando muito rápido, caramba! Vê, já começou manifestação bombástica e já diminuiu manifestação bombástica, já começou Copa das Confederações, já acabou Copa das Confederações, já passou São João e São Pedro e puf! Acabou-se tudo.

Eu não sei se eu me preocupo mais com tudo aquilo que planejei fazer nos meses anteriores e ainda não fiz, ou se penso em tudo que pretendo fazer nos próximos meses e provavelmente não terei tempo de fazer. É muita nóia, manolo...

Saldo positivo? Comi um mói de milho e derivados deste nesse período fantárdigo que são as festas juninas...


Passei por um período político histórico e incrível no meu Brasil Varonil (e ainda estou passando, o que é muito, muito legal).


E vi os toureiros espanhóis saírem tristes e deprimidos das terrinhas tupiniquins sem nem uma taçazinha dourada debaixo do braço. (David Luiz Nível Ninja!)


Enfim, como podem perceber: Ôh, mêsinho conturbado!

O que me deixa contente com toda essa correria do tempo é que podemos ver as mudanças ocorrerem e não nos chocarmos tanto com os resultados. Aqui o negócio é pra ontem. Acho que assim tenho que rever meus conceitos e parar de achar que posso definir minha vida e meus projetos para o curtíssimo espaço que é um ano. Tipo, um ano é o quê? 365 dias? Corte isso pela metade quando você tira as horas que você passa dormindo, mais as horas que você passa vadiando na internet, e mais as horas que você passa fazendo outras coisas inúteis, tipo... comer (rsrs).

É, meus bagunceiros de plantão, a nóia aqui ficou acumulada com o excesso de trabalho e de aulas de Fonética, só pode. O que eu não critico, porque às vezes é isso que me salva do tédio.

Por fim, para parar de embromar vocês com toda essa minha falta de sem noçãozisse, quero só deixar claro que apenas uma coisa me tocou profundamente durante esse tempo, a desolação de um ser, alguém que me comoveu, que me deixou em farrapos, me arrancou todas as lágrimas do fundo da alma.

Meu amor, bofescândalo, boy magia forever and ever Iker Casillas...


Benzinho, entendo a tua dor. Vem cá que eu te consolo, pode vir chorar no meu colinho. Com você aqui, quem é que precisa mesmo de um Neymar

Ai, ai... Sofro demais com essas coisas. 

Boa semana procês, povo lindo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...