Menu

08 setembro 2015

Vale Ver: Gangland Undercover

Eu sou dessas que não se importa em ter um zilhão de séries pra pôr em dia e ainda inventar de arranjar mais outra pra aumentar a coleção. Nessas minhas crises ensandecidas, e aproveitando que passei uma semana de molho com o pé machucado, achei essa série de seis episódios do History Channel que traz motoqueiros malvadões e uma dose cavalar de esquema de disfarce policial. Como era curtinha, vi tudo em poucos dias e assumo: viciante. 

Gangland Undercover é uma série baseada na história real de um ex-traficante que pra diminuir seu tempo de prisão, topa fazer um trabalho disfarçado pra policia, se infiltrando em uma gangue de motoqueiros cheios de sangue no olho.


A minissérie de seis episódios é baseada em fatos reais e acompanha um traficante que muda de lado se infiltra no violento mundo das gangues de motoqueiros. A série é baseada no livro escrito por Charles Falco e Kerrie Dobran, “Vagos, Mongols, and Outlaws: My Infiltration of America’s Deadliest Biker Gangs”, lançado em 2013.


A história de Charles Falco é bem interessante: primeiro, uma parte de derrocada total, quando ele chega a perder tudo por conta do vício em metanfetamina e segundo, quando ele já está no fundo do poço, e é finalmente pego pela polícia. O que ele não espera é que as coisas podem piorar muito mais, já que para garantir um tempo menor de cadeia, ele precisa fazer o servicinho extra-oficial. E começa assim a sua jornada em direção a uma das gangues de motoqueiros mais cruéis que se tem conhecimento: os Vagos.


Se você pensa que Gangland Undecover é uma cópia barata de Sons of Anarchy, não vá por esse caminho. Apesar do enredo ser muito semelhante e de ter todo um background em relação a esses clubes de motoqueiros, essa série da History Channel tem muito mais de realidade do que propriamente ficção. O Charles não é um Jax Teller e você não vai encontrar famílias bonitinhas se matando loucamente. Não, aqui a coisa é mais densa e intensa.


A história de Charles não se inicia com sua entrada na Vagos, mas em contrapartida, ela se torna muito mais complicada quando ele ganha a bandana de prospect do clube. Prospect é um tipo de estagiário que precisa passar por diferentes provas, muitas em níveis humilhantes para merecer ser membro oficial da gangue. Como trabalha disfarçado, Charles leva uma vida dupla: juntando provas de todo e qualquer envolvimento criminoso da gangue, e ao mesmo tempo, tentando levar uma vida longe dos holofotes da polícia. O seu contato é um homem chamado Koz, que define cada uma de suas ações e buscas dentro da Vagos.


O que Charles não espera, contudo, é se envolver cada dia mais com os movimentos internos do clube. À princípio, ele reluta contra as afeições, garantindo que seu principal objetivo é se livrar da cadeia. Mas com o tempo ele descobre que verdadeiras amizades podem surgir em diferentes lugares. E assim, ele enxerga um lado do clube que aparentemente está quase morto, mas que foi um fator crucial para sua formação.


Gangland Undecover apresenta uma intensidade de situações e faz com que o telespectador fique tão apreensivo quanto os próprios protagonistas. Por vezes eu me vi agoniadinha com os problemas que o Charles precisava enfrentar, o medo constante de ser descoberto e o destino nada agradável que a cada minuto se reservava pra ele. A série é mesmo viciante e você acompanha cada segundo dos seis episódios roendo todas as unhas de ansiedade.


Nem adianta eu contar mais algum outro detalhe da série, porque pode acabar com todas as surpresas. Garanto que cada uma das cenas é incrível e que você vai se chocar uma e outra vez e achar que tudo está perdido para o ex-traficante bonitão. Os problemas dele só se acumulam e não com quem contar. Fugir não é uma opção, desistir pior ainda, então, Charles Falco tenta a todo tempo garantir que sua cabeça saia salvo dessa empreitada.

Para uma série curtinha assim, achei simplesmente muito bem feita. As imagens são ótimas, a trilha sonora, os relatos do Charles sobre suas experiências... Se você anda procurando uma série bem feita e com toda essa adrenalina dos motoqueiros para ver, afirmo que não vai se decepcionar com Gangland Undecover.

Como foi baseadas em fatos reais, ainda não é certo que surja uma segunda temporada, ou pelo menos, não dentro desse eixo do Charles. Contudo, tem muita gente por aí apostando que ela ainda volta no ano seguinte com mais motos turbinadas cantando na pista. Vamos esperar pra ver!

2 comentários:

  1. Estou viciado nessa série!!!! muito boa mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro! =D Me deu motivação pra começar a ver Sons of Anarchy.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...